Espelhos da identidade

O artista Bohyun Yoon é sul-coreano e estudou no Japão e nos EUA. Quando chegou na América, não falava bem inglês. A solução: observar os gestos e expressões das pessoas. Vendo isso, ele teve uma ideia. Pensando na universalidade da linguagem corporal, escolheu utilizar espelhos para dar significado a sua obra. Dessa forma, seu trabalho…