A vida secreta dos pregos

Ao contrário dos pregos comuns, que esperam inertes no fundo da caixa de ferramentas até que sejam martelados, os pregos de Andrei Nikolaev são extraordinários. Têm encontros românticos, vão à praia, escalam montanhas, dançam ballet e, como nem tudo são rosas, são até mesmo condenados à guilhotina. Essa é a vida que os pequenos objetos…