Colagens caleidoscópicas

Quando era criança, Lola Dupré foi levada pelo pais para uma feira na qual havia uma sala de espelhos. Desse passeio, recorda-se de ter passado horas a fio admirando a sinistra metamorfose de formas ali presentes. Hoje, a artista parece ainda manter o fascínio por essa estética distorcida, adotando-a em seus trabalhos. Neles, imperam colagens…