” Há um ditado que diz que os quadrinhos são uma mescla de literatura e desenho. Os quadrinistas são os que nunca souberam fazer poesia e nunca souberam ser só desenhistas.”

Gervasio Troche

Capas de livros de Christos Kourtoglou

Christos Kourtoglou é um designer grego que há três anos vem explorando as possibilidades da colagem. Nesta série de capas de livros, ele presta homenagem a seus escritos favoritos, imprimindo um interessante estilo fragmentado a grandes clássicos da literatura, como Dom Quixote, A Metamorfose, Senhor das Moscas e Almoço Nu. Veja.

O fantástico mundo de Daniel Frost

Com um estilo próprio e inconfundível, o artista inglês Daniel Frost é um devorador de livros, influência direta em suas ilustrações. Frost gosta de desenhar desde pequeno, ele e o irmão disputavam para ver quem conseguia fazer o outro rir mais. Amigos ou uma pessoa estranha na rua, qualquer um que se destaca entre a multidão é uma forte influência na arte simples e muito expressiva de Frost.

Barbies ocultas

Pouco se conhece sobre Sasha Petrova. Sabe-se que ela gosta de poesia e estudou literatura na Rússia antes de começar a construir bonecas que mais parecem ter parte com Tim Burton. Outra que descobrimos é que, quando pequena, disseram à Sasha que bastava fechar os olhos e suas bonecas ganhariam vida. Como provavelmente isso não…

Leitura pesada

Esses livros foram criados para parecer que pertencem a uma biblioteca antiga. O autor é Daryl Fitzgerald, que faz uma espécie de stencil em todos os lados de tijolos até que eles fiquem com aparência de exemplares envelhecidos.

Os títulos pintados por Fitzgerald são sempre os clássicos. Ideia genial, não acha?

 

Mais informações aqui.