Objetos disfuncionais de Jeremy Hutchison

O artista Jeremy Hutchison convidou trabalhadores de fábricas de países como China, Índia, Turquia e Paquistão a inserir algumas modificações em objetos que produzem em massa, diariamente. A ideia era transformar itens do dia a dia em objetos artísticos disfuncionais. Mas Hutchison foi além e criou uma marca para sua linha de produtos inúteis: a Erratum, com site e tudo. Confira.