McDonald’s da Georgia aposta em visual futurista

Por estar no centro da cidade, foi importante que o arquiteto pensasse num projeto que não tomasse muito espaço. O resultado foi um prédio híbrido (com duas funções), que incorporou dois estabelecimentos completamente diferentes: um restaurante e um posto de gasolina. O segundo objetivo foi criar espaços que tornassem o trânsito local e o posto de gasolina invisíveis para aqueles que estivessem dentro do restaurante. Ainda mais: o arquiteto quis criar um modelo urbano icônico e útil.