A beleza do banal

Pias, embalagens de pão de forma, persianas, uma cama baguçada… objetos do dia a dia sem grande importância, certo? Errado. Pelo menos para a norte-americana Chelsea Bentley James eles valem muito. Afinal, é das cenas corriqueiras e materiais banais que a artista tira a inspiração para suas telas. Marcadas por paletas de cores suaves, suas…