Casas em bonsais

O japonês Takanori Aiba nasceu em 1953 e fez carreira como ilustrador em uma revista de moda em Tóquio. Nos últimos 10 anos, Aiba decidiu se dedicar a outro tipo de arte, a construção de projetos arquitetônicos. Para isso, escolheu a árvore japonesa Bonsai e a pedra denominada Suiseki. Erguidas com materias tradicionais, como gesso…

Gigantes Arquitetônicos

Os gigantes que Sean Edward Whelan desenha são compostos por casas e construções, por mais louco que isso pareça. Seja dançando, agachados ou correndo, os personagens assumem posições divertidas e inusitadas, levando em conta o formato deles. De tanto olhar, chega uma hora que você esquece que eles são feitos de casas. Sean é australiano…

Rafa Zubiría

Rafa Zubiría é um artista que abusa do perfeccionismo ao montar suas peças. Em “No Way Home” (em tradução livre: sem caminho para casa), o espanhol ergue casas a alturas impossíveis. No projeto, ele narra um pouco da nostalgia em relação à infância jamais recuperada. “Há um momento em que você volta à sua casa…

Casas de Lego

Dando asas à imaginação, Mike Doyle volta à infância construindo suas estruturas com Lego. As casas são reconstruções de mansões vitorianas abandonadas – ou seja, haja pesquisa, criatividade e paciência. Com mais de 50 mil peças, cada estrutura demorou de 450 a 600 horas para ser construída. Para o artista, criar casas decadentes acaba sendo…

O fantástico mundo de Jim Kazanjian

Jim Kazanjian não é um fotógrafo, mas é capaz de criar imagens incríveis, como essas: Para construir esse trabalho surreal, marcado pelo registro de residências super bizarras, o norte-americano coleta diversas fotos de terceiros, mesclando-as para dar forma a um único cenário. O resultado, incrívei, mostra uma combinação refinada entre imaginação e tecnologia.   Por mais…

(Des)construindo mundos

Sonhos com o fim do mundo, prédios virando pó e animais em pânico são corriqueiros nas noites da artista americana Amy Casey. Assim como seus devaneios, suas obras também refletem essa atmosfera de ansiedade, nervosismo e calamidade que existe nas sociedades contemporâneas. Para explorar essas sensações, Casey se inspira em desastres naturais e artificiais, fiascos…

Tempo, farinha e bolor

Refletir sobre a passagem do tempo é um dos objetivos do novo projeto do designer Daniele Del Nero. Para materializar suas impressões sobre o esquecimento e o abandono, o italino optou por construir diversas maquetes de casas e edifícios deteriorados, sem resquícios de qualquer presença humana. Feitas com papelão preto, as construções foram posteriormente cobertas…