Televisão é uma droga…

Alguns amam; outros odeiam. Mas quase ninguém consegue ser indiferente à televisão e seus milhares de canais com conteúdos muitas vezes duvidosos. Enquanto uns proferem discursos contrários e outros gritam em desefa do aparelho, Beth Fulton decidiu dar voz à TV, imaginando o que ela diria aos seus espectadores, se pudesse. O tom neurótico que…